top of page

Dezembro Vermelho – a importância da luta contra a AIDS

O mês de dezembro é o mês de consciência e luta contra a AIDS. E para isso, foi lançada a campanha “Dezembro Vermelho”.



Essa campanha é muito importante por reforça a solidariedade às pessoas infectadas pelo vírus HIV e conscientiza a população sobre os cuidados que devemos ter, e também a sua prevenção. No ano de 2020, 37,7 milhões de pessoas no mundo inteiro estavam vivendo com HIV e 680 mil pessoas morreram de doenças relacionadas à AIDS, segundo dados da UNIAIDS.

Causada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV – em inglês), a doença ataca o sistema imunológico, que é responsável pela defesa do organismo. O vírus é capaz de alterar o DNA da célula e fazer cópias de si mesmo. Depois de se multiplicar, o organismo fica mais vulnerável a diversas doenças, e isso pode agravar a saúde do indivíduo.


Infelizmente, o preconceito acerca dessa doença ainda é muito acentuado e, por falta de informações adequadas, a população ainda tem muitos tabus e mitos relacionados à transmissão da AIDS.


Os pacientes soropositivos, que têm ou não AIDS, podem transmitir o vírus à outras pessoas das seguintes maneiras:

- Através de relações sexuais desprotegidas com homens ou mulheres;

- Através do compartilhamento de seringas contaminadas;

- Através da transfusão de sangue contaminado;

- Através da mãe infectada para seu filho durante a gravidez e período de amamentação;

- Através de objetos perfurantes usados e não esterilizados.


E quais são as ações que não causam a transmissão do vírus HIV?

- Ato sexual com proteção adequada;

- Beijo no rosto ou na boca;

- Contato com suor e lágrima;

- Aperto de mão ou abraço;

- Compartilhar sabonetes, toalhas e lençóis;

- Compartilhar talheres e copos durante as refeições;

- Compartilhar piscinas, banheiros e chuveiros em locais de uso comum.


O diagnóstico da infecção pelo HIV é feito a partir da coleta de sangue ou por fluido oral. No Brasil, os exames de laboratório e testes rápidos detectam os anticorpos contra o vírus em aproximadamente 30 minutos, e os testes também são oferecidos pelo Sistema Único de Saúde, de forma gratuita, nas unidades de saúde da rede pública e nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA).


A prevenção para evitar a transmissão da doença pode ser feita de diversas maneiras:

> Fazendo o uso de preservativo durante as relações sexuais;

> Utilizando seringas e agulhas descartáveis;

> Utilizando luvas para manipular feridas e líquidos corporais;

> Testando previamente o sangue e hemoderivados para transfusão.

> Para as gestantes é importante fazer uso de antirretrovirais durante a gestação para prevenir a transmissão vertical e evitar a amamentação de seus filhos.


Como surgiu a campanha Dezembro vermelho?

No ano de 1988, o Ministério da Saúde, seguindo orientação da Organização das Nações Unidas (ONU), criou o Dia Mundial de Luta contra a AIDS, celebrado dia 1º de dezembro, para conscientizar os brasileiros sobre a Aids e o HIV, e debater acerca desse tema tão importante.

Em 2017, o Governo Federal lançou a Lei 13.504, que institui a Campanha Nacional de Prevenção ao HIV e à AIDS, campanha conhecida popularmente como Dezembro Vermelho. Sendo a cor vermelha a simbologia da luta contra a doença e o respeito às pessoas soropositivas.

Com acesso à informação, diagnóstico precoce, acesso aos remédios necessários e quebra de preconceito, conseguimos ajudar os portadores do vírus HIV a terem uma vida longa e melhor.

A Minuto Saúde acredita que juntos, devemos lutar por essa causa tão importante!


Comentarios


bottom of page